Especial Verão - Playa Norte, Isla Mujeres.

Sumida estou, eu já sei.

Mas é que tem acontecido tanta coisa na minha vida , que ser a própria chefe me dá essas vantagens. Coisas ruins, coisas boas e coisas ótimas! E com o tempo vou contando pra vocês.

Mas hoje vou escrever meu último post da temporada verão na Riviera Maya. Dias lindos, ensolarados e incríveis que passamos por lá. Afinal, o México , o Caribe Mexicano é um paraíso de encher os olhos do coração mais peludo. Acho que nunca falei com ninguém que não tenha ficado de boca aberta quando deu de cara com o mar dessa região.

Eu contei pra vocês sobre nossa experiência no Parque Garrafón (clica!), mas agora vou contar um pouquinho sobre a lindinha da Isla Mujeres e a praia que eu AMEI, amei mesmo, Playa Norte.






É super fácil se locomover pela ilha, que conta com praias paradisíacas, parques naturaise  um centrinho fofo e super animado. Eu saí do Parque Garrafón, e , fui atrás de transporte até a Playa Norte. Por que Playa Norte? Porque minha amiga Lívia , que eu conheci através do grupo, tinha acabado de subir uma foto sensacional na timeline dela e eu, super invejei estar lá.... hahahaha. Aí, obrigada tecnologia, já mandei uma mensagem e marquei da gente se encontrar.

Tem muitas opcções de transporte na ilha, eu queria ter alugado um dos carrinhos de golf e sair descobrindo cada cantinho, mas não tínhamos muito tempo, não quis arriscar e fomos de taxi mesmo. Aliás um taxista super gente boa, que, foi conversando e contando da ilha, e, ficou esperando a gente pra volta!







Há muito tempo atrás, como já comentei vagamente com vocês, Isla Mujeres era um centro de cerimônias maya. Com a chegada dos espanhóis, foi residência para piratas e traficantes de escravos. Aí por volta do séc. 19, fundou-se um ¨pueblo¨ , Dolores, este foi refúgio para todos que escapavam da Guerra de Castas.  Mas foi na década de 70, que a ilha se tornou turística, se tornando uma das mais visitadas do Caribe Mexicano.



Voltando a Playa Norte....





Só preciso comentar que Playa Norte foi eleita esse ano, no ¨Tianguis Turístico de México¨ (maior feira de turismo do país...) como a segunda praia mais bonita do país, por suas praias limpas e certificadas. (Até placa do TripAdvisor ganhou...)


O táxi nos deixou na porta de um suposto hotel, e através da entrada dele, chegamos a Playa. Eu não sou daquelas que acha praia tudo igual. Eu acho que cada uma carrega sua beleza e seu encanto. E essa me conquistou desde a foto lá, que a Lí subiu.
É linda!

De águas calmas, transparentes, uma piscina de areia branca, emoldurada com lanchas e iates, formando uma combinação perfeita. Dessas praias que as crianças brincam o dia tudo e você não fica preocupada.... Só se você tiver uma filha como a minha, que acha que é o Phelps Jr, e vai nadando até os iates, provocando em mim um mini ataque do coração e aquela cena digna de novela mexicana, onde você encarna a Soraya Montenegro, e grita como uma louca. Mães que perderam os filhos de vista por um minuto saberão do que estou falando.

Brincando calmamente



Phelps Jr, quase morro de ataque cardíaco


É praia pra alugar umas espriguiçadeiras, tomar umas cervejas e ficar jogando papo fora. Mais ou menos o que eu fiz, mas, em 1 horinha só.... :( E mesmo assim valeu muito a pena, além da companhia super agradável da Li e do fato de descobrirmos que nossos maridos se conheciam... #mundopequeno.



Bronze Luxury.



Chorando me despedi da Li (que é uma querida....), queria ter me hospedado lá e curtido mais essa praia, a ilha, mas, vai ter que ficar pra outra vez.




O taxista gente boa estava esperando pela gente, e de lá fomos pro Dolphin Discovery, onde pegaríamos o transporte de volta a Cancun. Ou seja, a entrada do Parque Garrafón (era pulseirinha....) nos dava o direito de entrar e desfrutar do Delfinário (comidas, bebidas, piscinas....). E foi isso que fizemos.

ps: Mas isso só se você tiver a entrada do Parque Garrafón, e é bom falar que o acesso é SOMENTE aos serviços, SEM O NADO COM GOLFINHOS. E se voê comprar a entrada pro Discovery, não tem acesso ao Garrafón.






Eu confesso ter ficado com pena dos bichinhos lá, presos, muitos golfinhos. Mas, não vou opinar mesmo porque minha filha, em uma de nossas viagens, teve o prazer de nadar com golfinhos e foi um dos dias mais felizes da vidinha dela. Mas que incomoda, incomoda.


E voltamos bronzeados e felizes, pra Cancun, onde o motorista da Travel óbviamente nos esperava.

Dia feliz e contente, e com certeza quero voltar e andar de carrinho de golf pela ilha, super chateada que não fui.





Parceria:









Share:

3 comentários

  1. Mel, que lugares lindos! E essa cor da água caribenha?? Acredita que não conheci Isla Mujeres quando fui pra Cancun? Hora de voltar, né?? besitos

    ResponderExcluir
  2. Ai menina, invejando muito o bronzeado!!! kkkk Que lugar espetacular, sempre enche os olhos e renova a alma. Aproveita amiga!

    Clau
    @AsPasseadeiras

    ResponderExcluir
  3. Inacreditável a cor desse mar! Que paraíso!
    Mas como assim, acabaram os post? Nãooooooo! Quero mais especial verão!!

    ResponderExcluir