Visto de RESIDENTE PERMANENTE, passo a passo.

Eu pisquei meus olhos e estou aqui, escrevendo pra voces como foi o meu processo para tirar o VISTO DE RESIDENTE PERMANENTE NO MÉXICO. Isso quer dizer que , por morar aqui há mais de 4 anos eu nao preciso mais justificar minha permanencia no país por vínculo de trabalho, ou seja, posso morar aqui independente de estar ou nao trabalhando (no caso, meu marido) !







E passou voando.

RECAPITULANDO: meu marido chegou no México pela empresa X, que nos proporcionou um visto inicial de residente temporal de 4 ANOS! Muitas empresas trabalham com vistos ANUAIS, e as pessoas tem que renová-lo sempre. Mas tivemos essa sorte! Por ironia do destino, meu marido saiu da empresa X, e foi pra empresa Y.
Nao se adaptou a empresa Y e agora está na empresa Z.

Tudo isso pra voces entenderem que atualmente nao temos vínculo algum com o Brasil e, nessas mudancas de empresa ele deixou de ter as facilidades de estrangeiros, como por exemplo, a ajuda  da empresa contratante com o processo de mudancas e renovacoes de VISTOS.
Pra quem sobrou entao? Pra essa mesmo que vos fala: EU.

Vou definir pra voces o que é um processo com o INM (Instituto Nacional de Migración): É um saco. É chato, complicado e requer a maior virtude de todas: paciencia.






Vou tentar enumerar meus passos nesse processo pra gerar um roteirinho....vamos lá!


1 - Pra solicitar a mudanca de Residente TEMPORAL para Residente PERMANENTE, voce tem que ter completado 4 anos de México (em situacoes legais com o INM).


2 - Atencao para a data que seu visto vai vencer! O processo tem que ser iniciado ANTES do vencimento do visto. Nao adianta chegar lá com o visto vencido que vai ser mais complicado ainda o processo. eu aconselharia iniciar os tramites com 15 dias de antecedencia.


3 - Esqueca tentar seguir as recomendacoes do site! Eu entrei no site do INM, cumpri item por item, cheguei no balcao da Migracao feliz da vida, porque tinha sido simples e estavam faltando MIL coisas... Ou seja, as informacoes disponíveis no site sao incompletas e equivocadas, acho muito mais produtivo tirar umas horas do dia pra se informar pessoalmente com a atendente. Mas voce vai ter que preencher um formulario online de qualquer maneira...

Voce tem acessos as informacoes por esse caminho:



- Clicar em ¨Trámites¨ : https://www.gob.mx/tramites

- Selecionar ¨Migración, VISA y Pasaporte¨ / Condiciones y Estancia en Mexico/ Cambio Residente Temporal a Residente Permanente.








Seguindo todos esses passos voce terá acesso a essa lista de documentos necessários.






É aí que mora o perigo. 

Nao é só isso que pedem , voce chega no balcao feliz da vida com tudo isso e faltam  mil coisas, vou enumerar o que me pediram, espero nao esquecer nada:

  • Cópia do Passaporte
  • Carteirinha anterior do visto de residente temporal
  • Comprovante do endereco atual (este tem que estar identico ao cadastrado no INM)
  • Carta solicitando a mudanca de condicao do visto, mas tem que ser a deles, com o formato que eles fornecem NO BALCAO.
  • Carta do atual empregador, confirmando o vinculo com a empresa (no caso, do meu marido)
  • Cópias dos documentos de quem assinou a carta do empregador.
  • Formulário fornecido no balcao preenchido.
  • 4 fotos 3X4 (2 de perfil e 2 de frente) nos padroes especificados.
  • Comprovante de movimentos bancários dos ultimos 6 meses.
  • No meu caso e da minha filha: carta do meu marido se declarando nosso responsável financeiro.
  • Comprovante dos pagamentos das taxas (no site informam um valor diferente do que realmente é cobrado, no nosso caso foram  $ 6000 por pessoa, e no site informam um preco menor, de $ 1266). Esse pagamento tem que ser feito com a maior atencao pelo bancário, pois se algum caracter da chave estiver digitado errado na guia, invalida o mesmo! Na hora de realizar o pagamento no banco, peca muita atencao e cheque mil vezes! Essa guia é gerada no balcao no INM. A sorte da maioria é que a empresa arca com esses custos, como já mencionei anteriormente, aqui foi falencia mesmo....rs
  • Formato ONLINE para solicitar o tramite preenchido (conforme figura acima indica). Voce tem que prestar muita atencao no preenchimento desse formulário porque se UM acento estiver errado eles nao aceitam , e nao é exagero! Ex: A minha rua é CIRCUITO, assim preenchi. No sistema deles estava abreviado CTO, voltei pra casa (!) pra fazer de novo. É bom citar que voce pode autorizar uma pessoa através desse formulário, para dar andamento aos processos. No meu caso, eu tinha o poder de levar adiante os 3 aqui de casa, e eles só foram no INM no dia de tirar as digitais!

No caso de menores de idade, consideracoes:

Todas as assinaturas serao por parte do RESPONSÁVEL FINANCEIRO do menor, que inclusive tem que fazer uma carta se intitulando provedor. (Me falaram isso na 5. vez que fui la, nas outras se esqueceram....)



É um verdadeiro teste de paciencia e serenidade. Eu sem brincadeira fui umas  OITO vezes até tudo estar ok e finalmente darem entrada no meu processo. Nunca vou esquecer esse dia que a atendente protocolou! Eu tive vontade de sentar e chorar, mas fui comemorar num cafézinho mesmo!

Depois de protocolados os documentos, em 30 dias uteis (que voce fica sem documento, porque sua carteirinha fica retida com eles e se precisar sair do país, tem que pedir uma autorizacao especial....) voce recebe um email pedindo pra se dirigir outra vez ao INM , para a última etapa: tirar as digitais. Depois disso, em uma semana as carteirinhas estao prontas e o mais importante: sem data de validade!!!


Isso me da o direito de morar no país, trabalhar, mudar de emprego.... ou seja, um degrau a mais ! A Helo como é menor de idade, ainda terá que renovar de 4 em 4 anos até completar 18.



Foi um processo super chato e demorado. Acredito que a maioria das pessoas tem ajuda da empresa pra fazer e só chegam no INM pras digitais....mas, nao tive essa sorte e fiz na cara e coragem!

Espero ter ajudado com a minha experiencia!


Saludos.


Share:

3 comentários

  1. Sei bem desses dramas! =/ Acabei de mandar a papelada pro visto do Chile. O lado bom daqui é que consegui fazer tudo tranquilo pela internet e correio... mas o ruim... é que tá demorando até 8 meses #hajapaciencia

    ResponderExcluir
  2. Ficou uma dúvida no processo...
    Quando o seu marido estava na troca de empresa, como ficou o visto de vocês que era vinculado ao trabalho?
    E, pelo o que eu me lembro, no começo você não podia trabalhar aí né? Acho que era pq o seu visto era vinculado ao do seu marido. Depois isso mudou? Você que solicitou essa alteração?
    (Dúvida de enxerida mesmo, vai que um dia eu me mudo para aí! rs)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bru, quando ele mudou de trabalho só precisou informar ao INM que era outro empregador, pois tinhamos o visto pago por 4 anos. Eu só poderia trabalhar se a empresa bancasse um visto de trabalho pra mim. Agora com esse visto, se a empresa tiver autorizacao para contratacao de estrangeiros, posso trabalhar! :) Beijinhos.

      Excluir