Mais um degrau rumo ao espanhol correto!

Morando há mais de um ano aqui, convivendo com mexicanos a maioria do tempo...
"Ah! Era pra ela estar falando perfeitamente o espanhol!...."

No mames guey!




Sim, já estou muito, mas muito melhor de quando mudei e falava a língua do sorriso e dos sinais, mas ainda tenho que estudar bastante pra sair naturalmente sabe? Sem pensar! Este é atualmente meu desafio, mas já estou bem contente que não estou pagando mais tanto mico com os tempos verbais, já consigo lidar com eles.
Dia desses me senti bem burra, deprimida, porque tem sempre uns chatos (aqueles que não são seus amigos) que tem um prazer absurdo em corrigir você em público. Comecei a duvidar da minha capacidade mental... Mas, como resposta imediata, um "chavo" do grupo, postou exatamente isso, e como resposta, teve muitos brasileiros comentando que passaram pelo mesmo tipo de dificuldades. Ou seja, eu não sou uma ameba.




Então, você que acha que vai mudar pra um país onde se fala o espanhol e vai tirar onda, háaaaaaaaa, suerte! Ou vai falar o portunhol pro resto da vida, ou vai ter que se matricular num curso e se dedicar, porque de fácil o espanhol não tem nada. Tem uns amigos do meu marido da empresa, que mudaram há séculos pra cá, e falam um idioma próprio, que não é o português nem o espanhol, um dialeto que eles inventaram pra se comunicar.



Eu aqui, ainda pago micos hilários, o último deles foi falar pra minha amiga sentar no estofado , assim natural! Ela começou a rir sem parar, levando em consideração que estofado aqui é um prato típico... Uma carne com batatas.... Esses "falsos amigos" , acabam comigo.

Fortes semelhanças entre o português e o espanhol geram muitas vezes palavras definidas como sendo do "portunhol". 

Vai aí então mais dicas pra escaparem dos micos...




Borrachera: bebedeira, borracheira. No popular, "encheu a cara". 

Chimento: parece o nosso 'cimento', mas é 'bisbilhotice'

Chisme: fofoca

Corpiño: (leia-se 'corpinho') Não é como falamos no Brasil uma pessoa esbelta. Mas 'sutiã', geralmente que as meninas começam a usar...

Cubiertos: não é uma coberta ou cobertor. São talheres. 

Propina: gorjeta. Não, você não estará infringindo as leis.

Tarado:  em português, a palavra é empregada para definir um homem louco por sexo e, neste sentido, perigoso e sem escrúpulos. Em espanhol, um tarado é simplesmente um bobo, imbecil ou idiota. 

Taza: xícara.

Extrañar:  ao contrário do que muita gente pensa, é mais utilizado com sentido de “sentir falta”. Isso mesmo! Quanto dizemos “te extraño” queremos dizer “sinto saudades de você, sinto sua falta”, sinônimo da expressão, também em espanhol, “te echo de menos”. Porém, esta expressão não é a mais comum em uma conversa informal. As expressões “me haces falta” e “te echo de menos” são mais comuns no dia a dia. Já “te extraño” aparece com mais naturalidade em cartas de amor e mensagens românticas. 




Abrigado: Agasalhado. Mi tía me regaló un lindo abrigo de piel.

Acordarse: Lembrar-se. Ellos nunca se acuerdan del cumpleaños de Juan

Adobar: Temperar. Para adobar la carne se necesita generalmente de ajo y limón.

Afeitarse: Fazer a Barba. Al hacer una entrevista es importante afeitarse la barba.

Alejado: Afastado. El año pasado él estuvo alejado de la familia por algunos meses.

Beca: Bolsa de Estudos. Estudió mucho para conseguir la beca universitaria.

Bolsa: Sacola Plástica. Las bolsas del mercado ahora son de papel, prohibieron el uso de bolsas plásticas.

Bolso: Bolsa  Compró un bolso grande porque siempre lleva muchas cosas al trabajo.

Borrar: Apagar. Cuando escribimos y nos equivocamos podemos borrar el error con la goma.

Brincar: Saltar. Tuvo que brincar los obstáculos para poder llegar a la meta.

Canas : Cabelos Brancos. Después de los treinta, generalmente, comienzan a salir las canas.

Cartón : Papelão, cartolina. Se necesita una caja de cartón para guardar los libros.

Celos: Ciúmes. Los celos están afectando su juicio seriamente.

Cerca: Perto. Ya estamos cerca del supermercado, solo faltan unas cinco cuadras.

Comedor: Sala de Jantar. El comedor es la habitación más grande de la casa.

Desgrasado: Desengordurado. Esta mañana todavía no había desgrasado todos los paños de la cocina.

Doce: Doze. A las doce de la noche todavía estaba trabajando en el proyecto.

Encuesta: Enquete. Para la tesis tuvo que aplicar una encuesta a más de cien personas.

Escritorio: Escrivaninha. La empresa compró un escritorio de roble rojo para cada empleado.

Fechar: Datar. Ella nunca olvida fechar todos los documentos de la empresa.

Pasta: Massa. Nos gustan todas las pastas, desde los macarrones hasta los espaguetis.

Pegar: Bater. Hay que enseñar para nuestros hijos que no deben pegar al amigo.

Polvo: Pó. Hay que sacudir los muebles porque están llenos de polvo.

Prestar: Emprestar. Tuvo que prestar el carro a su amigo para que llegara a tiempo a la boda.

Reparar: Consertar. Debemos llevar el coche al taller para reparar el motor.






Subiram mais um degrauzinho em direção ao espanhol correto?

Sem portunhol , please!!!

Vou postando mais dicas ok!

Sale!








Share:

9 comentários

  1. Maravilhoso teu blog. Como moro aqui no Sul do Brasil algumas palavras do espanhol já são usadas corriqueiramente o que já facilita muito... Vou devorar todas as tuas pastagens agora.

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus, que coisa difícil. Parece que a gente entende, mas tá fazendo é mais confusão. Uma hora você aprende, Melissa, e não é porque é uma ameba. Se for assim, eu também sou.

    ResponderExcluir
  3. O espanhol agora está tomando a minha casa. O maridão usa bastante nas reuniões de trabaho e como a minha mais velha começou a estudar na escola, volta e meio rola muito bate papo em espanhol aqui e fico só pescando algumas coisinhas. dias desses o assunto era exatamente essas palavrinhas que parecem uma coisa e são outra...

    ResponderExcluir
  4. Ai gente, que dificuldade tenho com o espanhol - definitivamente não sei como viveria pelos primeiros meses em um país com essa língua. Viajando já foi ótimo! Na Argentina paguei micos absurdos .. Ai ai. kkkkkk
    Adorei as palavrinhas! Vou ver se com algumas por dia vou melhorando! Beijos

    ResponderExcluir
  5. Mel, vc e fantastica. Curso intensivo com a Mel, para nao pagar mico nas ferias kkkk Adorei, as dicas são boas mesmo!!! Bjs

    ResponderExcluir
  6. Adorei, me diverti muito! Nâo tem como, mesmo quando a gente estuda, na hora que vai falar, parece que o cérebro abre uma pastinha totalmente diferente e tira de lá um palavra nada a ver! rsrsrs....Força e sorte, você estará tirando tudo isso de letra logo mais!

    ResponderExcluir
  7. Muitas dicas boas! E eu não tinha a menor ideia que tarado é um adjetivo sem maldade por aí e olha que eu adoro espanhol! Realmente espanhol não é nada fácil de falar, quem pensa que parece português está muito enganado! Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Muito boas as dicas vou anotar em um caderninho. Quando viajo para algum lugar que fala espanhol ou falo em português ou arranho meu inglês mas meu marido acha que fala portunhol. Vou mostrar pra ele.

    ResponderExcluir
  9. Pensé que mi español estaba peor!!! Mas estou me virando bem para quase 6 meses, gracias!!

    ResponderExcluir