Terremoto setembro 2017 - Soliedariedade, apoio, dicas e telefones uteis,

Em meio a tantas noticias, pedidos e oferecemento de ajuda, quero escrever um pouco sobre o que acontece no Mexico, agora, para que possa ajudar a que compreendam um pouco a situacao. 

México é um pais que sofre com desastres naturais, temos alguns vulcoes ativos, furacoes em toda a costa e abalos sismicos (terremotos) frequentes.





Em 19 de setembro de 1985 um forte sismo com movimentos trepidatórios (mais destrutivo) abalou e destruiu boa parte da Cidade do México. Desde então muito foi feito para evitar nova tragédia. Edifícios foram construídos com estrutura que suporte novos sismos. A engenharia e arquitetura da CDMX é grandiosa e impressionante. Ao longo desses anos todos, México viveram vários outros terremotos, a maioria de movimentos ondulatórios (menos destruidores) e novamente em uma 19 de setembro outro sismo trepidatório afetou gravemente a cidade do México e outras cidades desde o epicentro em Puebla.

As pessoas que nunca viveram (como eu) uma tragédia natural, tendem a achar que todos os que vivem em zonas afetadas estão preparados para enfrentar o que se apresente, porque aprendem em simulaçoes como devem proceder. Não é bem assim. Nas zonas onde existem furacões nem todas as casas, hotéis, estão preparados para se proteger, ainda que o furacão seja um desastre “previsível” não há nenhuma garantia, precisão meteorológica. Os terremotos não podem ser previstos com antecedência. Os alarmes soam minutos ou segundos antes do desastre ocorrer. A evacuação deve acontecer em segundos ou poucos minutos, pois é o tempo de duração e suficiente para destruir e tumbar edifícios inteiros.

Em meio a tanta tragédia, vários edifícios em ruinas, entre eles uma escola com crianças, vemos a solidariedade em toda parte. Em muitas zonas afetadas há comida e agua, voluntários tirando escombros com as mãos, picaretas e baldes. As redes sociais explodindo, dispostas a distribuir alimentos, remédios, alento aos irmãos necessitados. O cenário é de choque, terror, como uma guerra, que abala a todos. Mas a maioria seca as lagrimas e arregaça as mangas. Preces, alimentos, mãos, amor e soliedariedade fazem com que esse país possa ter a fé de seguir adiante.

Familias, empresas, abrem suas redes de internet para que as pessoas afetadas, perdidas possam se comunicar:
Telcel abre su red de llamadas, sms, y datos totalmente gratis en la Ciudad de CDMX @icloudmexico
Infinitum movil en CDMX
Red: Infinitum Movil 
User : 6865543305
Password : 21100

Hospitais, cruz roja (cruz vermelha) apoiando as vitimas seja com serviçoes medicos, psicologicos, alimentos e outros produtos: 

COMPARTAN!!!!Establecimos un sistema de emergencia de ayuda psicológica para todas las víctimas, sus familiares y cualquiera afectado por el sismo. Pueden accesar a este servicio gratuito a través del Centro Médico ABC o llamando directamente al 5513534571 dónde serán canalizados con aquellos que les puedan dar servicio.

Informacoes importantes que recebemos nos últimos dias, para que possam “se prevenir” em caso de desastre natural:









Para aqueles que sofram com um desastre natual, esses sao os telefones uteis:

Para casos de urgência, o telefone de plantão do Consulado-Geral do Brasil no México é:
044 55 3455-3991 (chamadas originando da Cidade do México)
01 55 3455-3991 (chamadas originando do interior do México)
(00xx) 52 1 55 3455-3991 (chamadas originando do Brasil).
O Núcleo de Assistência a Brasileiros do Itamaraty, em Brasília, poderá ser acionado pelo e-mail dac@itamaraty.gov.br e, também, pelos telefones +55 61 2030 8803/8804 (das 8h às 20h) e + 55 61-98197-2284 (Plantão Consular, das 20h às 8h).
Os contatos acima destinam-se exclusivamente a emergências. O atendimento à imprensa será feito apenas pelo e-mail imprensa@itamaraty.gov.br e pelos telefones +55 61 2030 8006 e +55 61 98197 2229.

Em todo o país centrais de Acopio (onde se pode doar) em especial em escolas e na cruz roja mais proxima. 

Cruz Vermelha: 
https://www.cruzrojamexicana.org.mx/ 

Ja há uma pagina oficial onde se pode ajudar como quiser,

http://comoayudar.mx/

Dica para quem for doar alimentos:

Em meio a tanta tristeza, vemos que a humanidade tem muito que oferecer ainda. Vemos amor, soliedariedade, muito alem das redes socais. Vemos gente de verdade arregaçando as mangas e indo ajudar a quem precisa. Quem nao pode ir, doando dinheiro, alimentos, abrigo, amor. Aprendemos a amar esse país como se fosse nosso, e temos o coracao apertado por tantos irmaos em dificuldade mas temos fé que o México vai superar e se fortalecer apesar de mais uma tragédia. 






Escrito por:



Fabiana Giannotti, brasileira radicada no México desde 2008.. Blogueira, Escritora, Fotografa, Assessora a expatriados. Me considero afortunada por viver no México, aprender a respeitar e conhecer essa bela cultura. Conhecer, adaptar-se, aprender, mudar, acostumar, respeitar, amar o diferente são algumas coisas que descobri nos últimos anos, além do fato que, por mais perfeito que seja o plano tudo pode mudar de repente...



E-book, livro digital – Venda direta: fabiana.giannotti@yahoo.com.br


Serviço Personalizado de Assessoria para mudança ao México

Se gostou desse texto, comparta com seus amigos, conheça nossa fanpage e faça parte dessa enorme familia brasileira no Mexico!



Viviendo em el México Magico https://www.facebook.com/viviendoenelmexicomagico/




Share:

2 comentários

  1. Lamentável acontecimento,minhas condolências do Brasil,Isaac Carneiro Victal.

    ResponderExcluir