Quero trabalhar no México, vale a pena?


Essa é a pergunta que recebemos quase todos os dias em diferentes formatos, de gente de todo Brasil. Com a crise que nosso país vem enfrentando, infelizmente, o volume de brasileiros descontentes com a vida, oportunidades, emprego e outros aspectos do nosso amado país vem crescendo muito.




O México, como segundo país potencial na América Latina, vem recebendo muitos dos investimentos que seriam direcionados ao Brasil, e apesar de também sentirmos a crise mundial, observa-se um movimento forte de contratação de estrangeiros, haja visto que a comunidade brasileira aumentou de forma impressionante em diversas regiões do México.

Eu sugiro sempre para qualquer um que queira morar no exterior que tire da cabeça a ilusão de “fazer América”, isso é coisa de outra época, antes da globalização, 11 de setembro (e todos os cuidados antiterrorismo), organização e proteção de mercados, etc. O mundo hoje funciona em um ritmo muito diferente de 20, 30, 40 anos atrás... a tecnologia facilita a vida, a adaptação, mas criar oportunidade e ter um diferencial competitivo no mercado de trabalho é tão difícil no Brasil, como no México, EUA ou China.

Então acho que antes de mais nada vale a pena você pesquisar muito bem qual sua motivação para vir trabalhar aqui. Não é a mesma coisa para um médico, advogado, arquiteto ou administrador, cada carreira tem suas regras e proteções, da mesma forma que a AOB, CREA, CRM e outras o fazem no Brasil.


México é um pais em desenvolvimento, com grandes diferenças sociais, muito parecido em alguns aspectos ao Brasil. Você recomendaria a algum estrangeiro ir ao Brasil trabalhar de empregado doméstico, garçom, jardineiro? Eu tampouco recomendaria aqui. Ainda são trabalhos mal remunerados, sem qualquer status social, e com muitíssimo menos proteções trabalhistas que o Brasil, porque provavelmente seria um emprego ilegal, como explico abaixo.




Existem muitas áreas de oportunidades para brasileiros, especialmente para lidar com outras áreas de empresas no Brasil, atender clientes, fazer help desk, porque não é nada fácil para os hispânicos se comunicarem em português, e compreender a bagunça que é uma área fiscal no Brasil, por exemplo, só brasileiro mesmo. As multinacionais que trabalham com o Brasil se queixam muito dos níveis de exigências das empresas localizadas no Brasil, somos clientes exigentes, complexos e não facilitamos em nada em termos de processo, esses aspectos culturais muitas vezes motivam empresas a contratarem nativos para lidar com o Brasil, porque a questão cultural, o jeitinho brasileiro, a maneira de lidar com os problemas nos fazem únicos.

Naturalmente há área de oportunidades em diversas especialidades e áreas, como Industria Petroleira, alguns ramos da medicina, tradutores e interpretes, etc, eu como Administradora de Empresas compreendo melhor a praia corporativa, em outras áreas sugiro pesquisar com gente que tenha trilhado o mesmo caminho, especialmente para verificar a parte de validação de títulos e diplomas.





Agora não basta querer trabalhar, tem que poder trabalhar. Como assim?





Um estrangeiro precisa ter um visto de permanência para estar no país, podemos estar como turistas por 90 dias prorrogáveis por mais 90 dias, depois disso há que voltar para o Brasil ou estará no país em condição ilegal podendo ser deportado. Para ficar e conseguir um emprego aqui precisará ter um visto de trabalho, ou seja, precisará encontrar uma empresa que ofereça um trabalho a você e forneça uma Oferta de Trabajo ou poderá registrar-se no SAT como profissional liberal. <CLICA!>, qualquer uma das opções deverão ser entregues no Instituto Nacional de Migración.

Qualquer empresa pode contratar estrangeiros? Não! Para contratar estrangeiros a empresa tem que obter uma permissão especial do Dpto de Relações Exteriores, na Oferta de Trabalho que a empresa fornece para que possa realizar o tramite deve constar os “dados de constância de inscripcíon del empleador” existe muita proteção nesse sentido pois o trabalhador mexicano deve ser considerado preferencialmente sobre qualquer estrangeiro, ou seja, a empresa deve provar que esse trabalho deve ser realizado por um estrangeiro. Mesmo a empresa que tenha permissão para contratar estrangeiros tem um limite máximo de contratações e cada uma delas será analisada pelos órgãos competentes. Ou seja, que mesmo encontrando um trabalho não há qualquer garantia de que o departamento de migração o aprove. Esse tramite tem um custo, e poderá ser coberto por você ou pela empresa que o contrate, dependendo da sua negociação e os custos são cobrados a cada renovação. Se trouxer familiares (espos@ ou filhos, também terão seus vistos individuais, como dependentes econômicos, não podendo trabalhar a menos que consigam uma permissão para tal).

O visto tem validade por 1 ano e depois poderá ser renovado por 1 a 3 anos (custos variáveis), após 4 anos pode tentar um visto de residência permanente (green card daqui) e já não terá que repetir esse processo.

Outra forma de conseguir trabalhar aqui é investindo no país, da mesma forma será necessário um valor mínimo de investimento, proposta e projeto de investimento, aprovação pelos órgãos competentes. Para os que pensam nessa modalidade recomendo que conheçam profundamente a cultura do pais, porque aquilo que para um brasileiro parece fundamental para um mexicano pode ser absolutamente dispensável. Investir no nosso pais é arriscado, investir em outra cultura é muito mais, desde a aceitação do produto/serviço, processo burocrático, contratação de mão de obra, obtenção de instalações, etc.

Para os que vão encarar uma proposta de trabalho sugiro que vejam e conheçam sobre as leis trabalhistas no México, para saber bem onde estão se metendo e não reclamar depois, pois nesse aspecto, o Brasil é uma “mae”.

Em resumo galera, não é fácil arranjar emprego em outro país, os tramites, custos e burocracias são desanimadores, não há nenhuma garantia e muito risco, fé e coragem, por isso mesmo, aqueles que conseguem superar tudo isso possuem um diferencial imenso em relação aos locais, somos aqueles que fomos capazes de sair da nossa zona de conforto, nos reinventamos, adaptamos, flexibilizamos, conhecemos e vivemos na pele o que são diferenças multiculturais. Naturalmente as empresas valorizam isso em funcionários, colaboradores e clientes. Como experiência de vida, aprendizagem, ampliar a mente sempre é valido, mas compreender bem os prós e contras dessa aventura é fundamental para evitar sofrimento.

Chequem o próximo post com dicas de CV, links de agencias de emprego e apps com empregos no México.

"4 PASSOS E DICAS PARA ENCONTRAR TRABALHO NO MÉXICO"


Para aqueles que acham que vale a pena descobrir e explorar esse país maravilhoso, encontrarão praticamente toda a informação que precise no blog, com dicas culturais, de adaptacão , turismo:







além de muita interação e novas amizades na fanpage:










Escrito por:




Fabiana Giannotti, brasileira radicada no México desde 2008.. Blogueira, Escritora, Fotografa, Assessora a expatriados. Me considero afortunada por viver no México, aprender a respeitar e conhecer essa bela cultura. Conhecer, adaptar-se, aprender, mudar, acostumar, respeitar, amar o diferente são algumas coisas que descobri nos últimos anos, além do fato que, por mais perfeito que seja o plano tudo pode mudar de repente...

E-book, livro digital – Venda direta: fabiana.giannotti@yahoo.com.br




Se gostou desse texto, comparta com seus amigos, conheça nossa fanpage e faça parte dessa enorme familia brasileira no Mexico!



Share:

31 comentários

  1. Certissimo mas gostaria de acrescentar um detalhe: Quem domina o Ingles tera mais facilidade de encontrar trabalho. Em certas areas turisticas, como a Riviera Maya, PV, Cabo e outros, sempre se encontra trabalho na area de vendas, principalmente de Time Share.
    O Mexico, na minha opiniao, e tambem um paraiso para empreendedores com capital medio, pois ha uma carencia enorme de produtos e servicos que extrangeiros querem e necessitam.
    Boa sorte a todos que pensam em vir e aos que ja chegaram!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo seu comentário e pelos seus acrescimos!

    ResponderExcluir
  3. Boas dicas!!!
    Nesses tempos de crise, o que mais se ouve são histórias de gente louca para cair fora daqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E muitos dao certo Francine, so precisa saber que fácil nao é nao, rss

      Excluir
  4. Não conheço o México e tenho muita vontade de conhecer. Excelentes informações, assim fica mais fácil saber como proceder para trabalhar no País.
    Abç

    ResponderExcluir
  5. Achei o post muito informativo. Eu continuo acreditando que nós mesmos fazemos nossas oportunidades, onde quer que estejamos. "Fugir" de um lugar que não está em um momento bom pode não ser a motivação mais adequada para ir a outro país. Agora, se se trata de um sonho, uma necessidade, aí a história muda de figura. E acredito que você ajudou muito estas pessoas.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o post, bem informativo. A questão de morar em outro país é bem sensível e cada pessoa deve encontrar sua própria motivação e buscar muitas informações para evitar cair em roubadas.

    Clau
    @AsPasseadeiras

    ResponderExcluir
  7. Muito informativo!!!! E cada vez mais vejo mais brasileiros indo morar aí!
    Mas eu não sabia que as leis trabalhistas eram menos "boazinhas" no México! Bom saber... beijocas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito menos Liliane, na verdade poucos países se comparam a Brasil.

      Excluir
  8. Uma decisão tão importante como essa realmente merece um pouco de reflexão... Excelente texto. Besito

    ResponderExcluir
  9. Isso mesmo!!! Não é fácil mudar de país, mas não é impossível.!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Maracy, o texto vem apenas colocar as coisas dentro de uma perspectiva realista, vale muito a pena ampliar os horizontes, mas há que saber que as coisas nao sao simples ou fáceis como muitos acreditam.

      Excluir
  10. Nossa, é mais complexo do que imaginava essa questão de trabalho por aí no México! Post muito interessante e completo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos pensam que por o Mexico ser um pais em desenvolvimento é mais fácil que países consolidados no 1 mundo, mas na vdd cada país tem sua protecao. Vale a pena conhecer e investigar

      Excluir
  11. Fabiana, gostei muito das informações que encontrei aqui!
    Tenho uma empresa de controle de pragas aqui no Brasil e irei para Playa del Carmen año que vem por motivos pessoais.
    A intenção é abrir uma empresa lá de fumigação. Me informei com o Promexico mas não retirou todas as minhas dúvidas como: valor do investimento e exigências trabalhistas.
    Espero que possa me ajudar com seus conhecimentos! Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, infelizmente eu nao possuo essa informaçao, sugiro que poste na fan page e de repente alguém pode te ajudar, alguém que tenha vivido essa experiencia. Boa sorte!!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  12. Bom saber como funciona os precedimento ai gostei para cair mais na real,um abraço mel.

    ResponderExcluir
  13. Respostas
    1. Eu também.....rs se descobrir como me avisa....! ;)

      Excluir
  14. Eita!

    Quanta informação... muito bom, parabéns. Já faz uns dias que estou sentindo vontade de conhecer o México, e quem sabe até ficar um tempo. Vai depender das oportunidades que surjam. Quero conhecer Cacum e seus arredores queria conhecer algum empreendimento brasileiro nessa região quem sabe não precisam de um faz tudo pra sair daqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só seguir acompanhando o Blog :) Saludos!

      Excluir
  15. Boa tarde Fabiana. Meu nome é Agnaldo. Primeiramente parabéns e obrigado pelas excelentes informações escritas pela sua pessoa, foram de grande utilidade e esclareceram muitas coisas. Então, sou militar aqui no Brasil, casado e tenho dois filhos, logo estarei indo pra reserva e muito jovem e com certeza vou continuar trabalhando. Eu e minha esposa sempre tivemos o desejo de conhecer o México, acompanhando a cultua local despertamos o projeto de morar no México e trabalhar também, e como nosso país está nos deixando desmotivados a produzir, em resumo aqui está um absurdo "rsrs"....Queremos deixar o Brasil. Pergunto pra vc como está a situação para compra de imóveis residenciais digo preço e o mercado de trabalho para oportunidades na área de saúde, educação e tecnologia, uma vez que ela é fisioterapeuta e eu sou formado em ciência da computação e professor de informática. Nossos filhos já estão praticando espanhol e já estamos os preparando para possível mudança apesar de serem pequenos. Obrigado pela atenção e aguardo uma resposta. Pode enviar a sua resposta de forma mais reservada se vc quiser no email: agnaldo_info@globo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola! Tudo bem? Vc pode encaminhar um email pra Fabi por viviendoenelmexico@hotmail.com, com certeza ela responderá todas suas dúvidas. Só adianto que temos POSTS sobre aluguel e compra de casa, mas tenho que te alertar para que tudo isso seja viável, voces terao que ter vistos de residencia (procure no site que explicamos todo processo....) Saludos y suerte, Mel.

      Excluir
    2. Obrigado pela atenção.

      Excluir
  16. depois de ontem no congresso quero mora no mexico mais que antes ja queria!!!

    ResponderExcluir