Porfirio Díaz....Quem?

 Eu nunca tinha ouvido falar desse nome, até começar a estudar a arquitetura do país e me deparar com o termo Porfiriato. Logo foi no meu atual BFF, google, e descobri que não se tratava de um arquiteto famoso e sim, um ex presidente da república. Mas o que ele tinha a ver com os estilos arquitetonicos? Tudo.


As políticas de Díaz promoveram estabilidade política e modernização ao país, algo que ainda não havia sido esboçado pelos governos anteriores, dando origem ao termo "Paz porfiriana" (amplamente empregado pelos historiados em referência à este período). Além disso, Díaz implementou estratégias de repressão ao opositores de seu regime e, principalmente, contra os adversários políticos durante os processos eleitorais.

Uma das épocas que sem duvida marcaram a história do México. Uma época criticada por muitos, cheia de contrastes.
Este período  de 34 anos ,  foi Porfírio Díaz, quem liderou entre 1876 e 1911. Recordado pelos mexicanos por a desigualdade que enfrentou a população,  oprimindo os pouco favorecidos. Durante esta época se ergueram muitas obras e malhas ferroviárias. E nisso, a arquitetura ficou em alta, e a capital do país foi adornada, em busca de um verdadeiro nascimento da república,  assim, resolveram "maquiar"o país.

Aqui no México, Porfírio Díaz, é responsável pela construção de imponentes edifícios que representam o país. As obras durante seu governo é impressionante! Tanto os edifícios do "Virreinato"como do "Porfiriato", demonstram uma época de riqueza que se vivia aqui. 

Vamos a alguns exemplos?  (OK, assumo que selecionei os meus preferidos!!!! )



Palacio de Bellas Artes


Palacio de Bellas Artes ("Palácio das Belas Artes") é o principal teatro de ópera da Cidade do México. O edifício é famoso pela sua arquitetura exterior, em estilo Beaux Arts utilizando mármore branco de Carrara, e pelos seus murais interiores por Diego Rivera, Rufino Tamayo, David Alfaro Siqueiros, e José Clemente Orozco.
Nos finais do século XIX e inícios do século XX, sobretudo durante o período de 30 anos em que Porfirio Díaz governou o México, foi notória a tendência de imitação da arte Europeia, estilos e modas. Neste contexto, foi contratado um arquiteto italiano, Adamo Boari, para elaborar o projeto do novo Teatro Nacional utilizando as mais modernas tecnologias comuns nos teatros europeus.
Na minha humilde opinião, de arquiteta enrustida, uma das grandes obras arquitetônicas de todo o México. De encher os olhos.








Palacio Postal (fotos google)


O Palácio dos Correios do México ou a  Quinta Casa de Correos é um dos edifícios mais emblemáticos e símbolo do Centro Histórico da Cidade do México. Esta imponente obra de arquitetura eclética foi levantada no início do século XX como um dos símbolos do Porfiriato  que mostravam o desenvolvimento e progresso dos mexicanos.










 La Columna de la Independencia 


O Monumento a  Independência, conhecido popularmente como El Ángel, se encontra na Cidade do México, na rotatória da Avenida Paseo de La Reforma, Rio Tíber e Florência. Inaugurado em 1910 para comemorar p Centenário da Independência do México, por Porfírio Diaz, então presidente, é um dos monumentos mais emblemáticos es uno de los monumentos más emblemáticos da cidade e   atualmente um ícone cultural do DF e lugar de festejar ou fazer manifestações políticas.





 
Teatro Juárez

O Teatro Juárez de Guanajuato é o histórico teatro datado do final do séc. XIX, uma das jóias de Guanajuato. Foi construído de 1872 a 1903 pelo arquiteto José Noriega, posteriormente terminado pelo  arquiteto mexicano Antonio Rivas Mercado e o engenheiro Alberto Malo.Lindíssimo! Eu sou doida nele!





 
Esses são algumas das inúmeras obras da época do Porfiriato. Eu, sou fã dessa iniciativa dele. 

Gostaram?

Não é lindo!?

Agora já sabem quem foi Porfírio Diaz.

Bye.

Share:

2 comentários