10 pontos mexicanos que chamaram a atenção....DO MEU MARIDO!

Hola chicos!

Eu insisti tanto pra ele, meu marido, escrever algo pro Blog, que como milagre de Ano Novo, ele cedeu. Acho que depois que viu o sucesso que foram os textos da nossa filha, se empolgou. Eu sugeri que ele escrevesse sobre os pontos que para ele, são curiosos. Alguns coincidem com o que eu sempre destaquei, mas outros morri de rir. Então, segue aqui, o primeiro texto do meu marido/amigo/companheiro/comediante/patrocinador/paidaminha filha.... 






Faz 2 anos que vivo no México, devido a uma proposta que recebi pela empresa em que trabalhava. Anteriormente já tinha vindo a trabalho a SLP algumas vezes, mas tem coisas que você só capta quando convive no dia-a-dia com os mexicanos. Escolhi 10 dessas coisas que me chamaram a atenção sobre a vida no México para compartilhar com vocês:


1) Ahorita


O primeiro ponto curioso a destacar não poderia ser outro. "Ahorita" é um termo atemporal, que faz parte da cultura mexicana, e pode significar qualquer intervalo desde 5 minutos até nunca. Isso irritava muito meus colegas de trabalho brasileiros, pois sempre que pediam algo aos mexicanos escutavam "ahorita"como resposta. Minha conclusão é que, afinal de contas, a duração depende de quem fala e da situação. Portanto, você acaba entendendo quando realmente significa daqui a pouco e quando é melhor esperar sentado.


2) Esportes

Os mexicanos são tão fanáticos por futebol quanto os brasileiros, e também existem rivalidades do tipo Palmeiras x Corinthians por aqui, que seria América x Chivas. Porém, no aspecto esportes, o México é bem americanizado: aqui eles acompanham muito (e jogam) o futebol americano, basquete  e baseball. A curiosidade é que eles traduzem os nomes dos times, exemplo: Seatle Seahawks vira "Halcones Marinos de Seatle", ou Chicago Cubs vira "Cachorros de Chicago". Até a final da NFL (Super Bowl) aqui é o "Super Tazón". Essa moda de dar nome aos times das cidades também foi reproduzida nas ligas de baseball mexicanas, onde você pode ver times como "tomateros", "naranjeros", etc.





3) Dança

A mesma regra que aplicam aqui que todo brasileiro nasce com o DNA do samba (o que claramente não é válido para o meu caso) na verdade, na minha opinião, vale para os mexicanos e as danças de salão. Qualquer evento, desde happy hours até festas de fim de ano na empresa, fatalmente termina com um grande bailão na pista. E aqui vale tudo: desde o tradicional "2 pra lá, 2 pra cá" até coreografias mais elaboradas, com muitos giros. Parece que começam as músicas dançantes e o pessoal já começa a procurar parceiro(a)s de baile... é um fenômeno! O estranho é quem não dança, como eu, por exemplo.


4) Limite bancário

Em resumo: inexistente (pelo menos para as contas que eu tive até agora). Eu que sempre estive acostumado com os 10 dias sem juros do Santander no Brasil, ao chegar aqui me deparei com a surpresa de que se acabar o dinheiro, realmente acabou, e só resta chorar e esperar até o próximo pagamento. Não sei se isso foi mudado a partir da crise de 2008 ou se nunca teve, mas o fato é que demorei pra me acostumar a essa nova realidade.





5) Plano de saúde

Outro ponto bem diferente do Brasil. Aqui o que as empresas oferecem como benefício é um "seguro de gastos médicos mayores" (algumas também oferecem o de gastos menores, mas são a minoria). Isso quer dizer que se você precisar de uma consulta médica normal, tem que pagar por ela. O seguro entra quando a soma dos gastos excede um valor mínimo ("deducible", que seria a franquia no Brasil) e você tem que preencher uma série de documentos para pedir reembolso (que também está sujeito a uma dedução de "coaseguro"). A menos que seja um acidente, aí o seguro paga tudo desde o começo. Creio que isso é uma das razões que acaba incentivando as pessoas a se consultarem com médicos nas próprias farmácias, que as vezes nem cobram quando você compra algum remédio por lá.


6) Aguinaldo

O chamado 13º salário no Brasil. Demorei muito para parar de rir cada vez que alguém me falava que "não via a hora de chegar o Aguinaldo". Piadas à parte, o esquema do 13º aqui também é diferente do Brasil, e o valor varia dependendo de quanto tempo você tem na empresa. As empresas normalmente tem uma tabelinha que indica o número de dias de salário correspondente ao Aguinaldo para cada ano de empresa.





7) Provecho

A expressão "provecho"significa bom apetite em Português. Porém, o curioso sobre a sua aplicação é que vale dizer em qualquer momento antes, durante ou após a refeição. Eu tenho o claro exemplo do refeitório da empresa, no qual você chega com a comida, vê alguém que está comendo e diz "provecho", a pessoa retribui a você que vai comer e diz "provecho". Já quando alguém termina de comer e vai se retirar da mesa diz adivinha o que... acertou: "provecho" novamente. Em resumo, a regra é: não tem como pecar por excesso de "provechos".


8) Cumprimentos

Quando dois amigos homens se encontram no México, a prática normal é: aperto de mão, 2 tapinhas nas costas e aperto de mão de novo. Até eu aprender esse esquema deixei vários companheiros com a mão estendida esperando o segundo aperto. Além disso, a expressão genérica para cumprimentar alguém é "Qué onda?". Essa pergunta é equivalente ao "What's up?" do americano e não necessariamente requer uma resposta, podendo inclusive ser respondido com outro "Qué onda?".





9) Salud

Os mexicanos são absolutamente fanáticos por desejar saúde a quem espirra. É uma cena interessante de se presenciar quando em um salão cheio de gente (por exemplo uma palestra) alguém espirra e... de repente surge uma verdadeira avalanche de "salud"... inclusive o próprio palestrante interrompe a sua fala para entrar na corrente em prol da saúde de quem espirrou. E não pensem que só vale para o primeiro espirro de uma sequência não, caso a pessoa espirre várias vezes a prática se repete tudo de novo.


10) Bebidas

Certamente o fígado mais "flex" que eu já vi é o do mexicano. Eu que estava acostumado a tomar só cerveja, eventualmente um whisquinho em um casamento ou formatura, fiquei chocado em ver como o pessoal toma de tudo por aqui. Um evento pode começar com uma tequila (ou "bandera" quando acompanha limão e sangría), logo uma cerveja, seguida de um whisky e pra fechar uma Cuba Libre. Sem brincadeira, só de ver essa cena já me dá ressaca, mas eles estão bem acostumados em misturar todo tipo de bebida sem passar mal. Adoram os drinks preparados, misturando álcool com refrigerante, suco, energético, corante, etc. Até a cerveja muitas vezes não é tomada pura, mas sim com sal e limão ou na forma de "michelada", que é o verdadeiro Bloody Mary da cerveja.






Rolo de rir com esse meu marido..... Depois convenço ele a escrever mais... Saludos!

Share:

21 comentários

  1. Ótimo texto. Ri muito. Parabens ao casal.

    ResponderExcluir
  2. Ótimo, adorei e ri muito com o texto. Parabens :)

    ResponderExcluir
  3. Parabéns. ....Gustavo....vc eh hilário. ..isso mesmo Melissa convença-o..ficou bom...abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai amiga, vou levar mais 2 anos agora pra convencer ele de novo, mas , não desisto nunca....rs Ya sabes.

      Excluir
  4. Muito bom texto e verdadeiro! Parabens! Otimo 2016 para vcs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Pra você também! ;) Saludos.

      Excluir
  5. Esse Ahorita é tipo o Daqui a pouco do Goiano ou Logo ali do Mineiro né!! kkkkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ahorita é de tirar qualquer um do sério....rs

      Excluir
  6. Muito bom Gustavo!! Você "deve" escrever mais pra nós, eu sei o quanto a Melissa é exagerada, só assim saberei se tudo o que ela escreve é 100% real (risos) brincadeirinha amigaaa

    ResponderExcluir
  7. Muito bom, ele leva o jeito p blogar tbm rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O difícil é só convencer né CJ? Saludos!

      Excluir
  8. Até agora estou rindo com o Aguinaldo kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. hhaha rindo muito! realmente, muito engraçado! Convence ele, Melissa, a contar mais :-)

    ResponderExcluir
  10. Excelente texto ! O bom humor é um traço do casal. Estou esperando o Aguinaldo pode dar separação caso o parceiro/a não saiba como são as coisas no México.

    ResponderExcluir
  11. Rolei de rir junto com você também, ele realmente deveria escrever mais e se eu fosse você criaria uma página de humor mexicano só para os posts dele. Fica a dica, vai bombar!!!

    ResponderExcluir
  12. kkkkkk muito interessante e muito engraçado! A cultura é algo surpreendente!!!

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus, tô rachando com o Aguinaldo! Aguinaldo é a minha felicidade nessa vida. Faço planos de viagem incríveis com o Aguinaldo! kkkkkkkkkkk
    Morri!

    ResponderExcluir
  14. Achei maravilhoso..porque sou Casada recentemente com um mexicano e,vou tomando conhecimentos. ...agora ja sei quem e o aguinaldo..kkkk eu poderia ate pensar mal do meu marido rssss. ...

    ResponderExcluir